domingo, dezembro 13, 2020

BIOGRAFIA: Pr EUSTÁQUIO LOPES DA SILVA


Pr EUSTÁQUIO LOPES DA SILVA
(*20.09.1915 +09.04.1968)
Desenho em grafite por Otoniel Medeiros
Ampliação de foto


Neste 13 de dezembro de 2020, quando a IGREJA DE CRISTO completa 88 anos de sua organização, sendo Mossoró - RN o marco zero, veio-me uma agradável lembrança do Pastor Eustáquio Lopes da Silva, meu primeiro pastor. Resolvi deixar em alto relevo essa forte lembrança, republicando aqui o resumo da sua biografia com um dos seus estudos bíblicos. No próximo ano pretendo publicar aqui neste blog, alguns dos seus estudos bíblicos que os guardei.

O Pr Eustáquio Nasceu em Quixadá-CE, em 20 de setembro de 1915, logo a família se transferiu para Mossoró-RN. Sua conversão se deu em meados de 1928, portanto, aos treze anos de idade. A partir de então sua vida foi sempre de andanças por todo o sertão do Rio Grande do Norte, pregando o Evangelho do nosso Senhor Jesus Cristo. O Pr Eustáquio fez parte do grupo de pioneiros que organizou a Igreja de Cristo em 13 de dezembro de 1932 na cidade de Mossoró - RN. Os principais pioneiros dessa organização foram Eustáquio Lopes da Silva, João Vicente de Queiroz, Manoel Higino de Souza e Gumercindo Medeiros.

Era conhecido também por sua facilidade em recitar textos completos da Bíblia. Sua defesa apologética do Evangelho com o Padre Luiz da Mota, em Mossoró-RN, onde citou o capítulo 23 de Mateus por completo, no interior do Rio Grande do Norte, valeu-lhe a fama de grande conhecedor da Bíblia e transformou-se numa verdadeira lenda entre os crentes daquelas regiões. Seu ministério contemplou muitas bênçãos de Deus, sendo consagrado a pastor na cidade de Natal-RN, por onde pastoreou por diversos anos até sua morte em 09 de abril de 1968, com 53 anos de idade, em todos eles como grande testemunha do Senhor Jesus Cristo, vivendo sempre com simplicidade e grande dignidade de vida. Foi um verdadeiro mestre no ensino cristão, deixando uma nova geração de obreiros, todos sensibilizados pelo seu grande exemplo de vida. Foi um dos primeiros presidentes do Concílio da Igreja de Cristo no Brasil.

Foi um obreiro muito estimado por todos que lhe conheceram e sua fama espalhou-se por todo o sertão. Casou-se com a irmã Perpétua Gomes da Silva, em Itaú, no ano de 1934. Não tiveram filhos, o casal fez opção por adoção de Elsineide Lopes.

A família morou na casa conjugada com o templo na Rua Agostinho Leitão, 327 – Alecrim – Natal / RN. Construiu uma casa na Rua Baraúnas, diagonal com o templo Batista. Esta casa foi construída como doação pelo mestre de obra Antonio Maria. A viúva, irmã Perpetua, passou a morar numa casa na Av Bernardo Vieira, próxima ao templo da Igreja de Cristo nas Quintas. Com a idade bem avançada, vendeu esta casa da Av Bernardo Vieira e dividiu o dinheiro em duas partes iguais e doou uma metade para a Igreja de Cristo nas Quintas e a outra metade para a filha Elsineide Lopes e passou a morar no Lar do Ancião Evangélico – LAE, onde faleceu com idade avançada.

O Pr. Eustáquio Lopes da Silva foi um dos maiores exemplos cristão de vida, para todas a gerações. Autodidata, recebia literatura em Espanhol, traduzia e distribuía alguns com os membros da igreja.Seu ministério contemplou muitas bênçãos de Deus, sendo consagrado a pastor na cidade de Natal-RN, por onde pastoreou por diversos anos até sua morte em 09 de abril de 1968, com 53 anos de idade, em todos eles como grande testemunha do Senhor Jesus Cristo; vivendo sempre com simplicidade e grande dignidade de vida. Foi um verdadeiro mestre no ensino cristão, deixando uma nova geração de obreiros, todos sensibilizados pelo seu grande exemplo de vida. Foi um dos primeiros presidentes do Concílio da Igreja de Cristo no Brasil.

Como o pastor Eustáquio era negro e nasceu 27 anos após a libertação dos escravos no Brasil, 13 de maio de 1888, provavelmente ele era neto de escravo. Ele era autodidata, era assinante de revista evangélica em espanhol. Como pastor na Igreja de Cristo no Alecrim – Natal –RN, marco zero das Igreja de Cristo aqui na nossa região, apesar de ser uma igreja pequena, mas soube desenvolver uma motivação congregacional, implicando num número grande de ministros evangélicos que se destacaram no Brasil e profissionais em diversas áreas.

Na Figura 1 apresentamos um texto resumo dele que apresentou na forma de estudo em 1938 na cidade Macau –RN: Os doze fundamentos do muro da cidade de Jerusalém.

Figura 1 – Estudo Bíblico do Pr Eustáquio Lopes da Silva, apresentado em Macau – RN, em 1938: Os doze fundamentos do muro da cidade de Jerusalém


Fizemos a transcrição deste resumo de estudo bíblico:

1 - OS DOZE FUNDAMENTOS DO MURO DA CIDADE DE JERUSALÉM

1º. JASPE – Uma pedra preciosa, variedade da calcedônia, transluzente, e cor verde. A palavra hebraica, bem como a grega, representa uma variedade de quartzos transluzentes e com prismáticas cores.

2º SAFIRA – Uma pedra preciosa, de um azul vivo. Ex 24.10.

3º CALCEDÔNIA – Pedra preciosa semelhante ao ônix, cor semelhante a unha.

4º ESMERALDA – Pedra preciosa verde.

5º SARDÔNIO – Hoje chamada calcedônia, uma pedra preciosa, de cor encarnado.

6º SARDIO – Uma preciosa pedra, cor de carne, a qual ocupava principal lugar na primeira ordem do petoral do sumo sacerdote. Ex 28.17; 39.10.

7º CRISÓLITA – Pedra de ouro ou topázio.

8º BERILO – Provavelmente significa o moderno berilo que é muito semelhante a esmeralda. Plinio descreve como sendo de cor verde mar.

O Pr Eustáquio, tinha uma dimensão de pureza na vida, ele contava que quando era adolescente, achou no “mato um ninho de galinha, vários ovos, ficou tão alegre que escondeu para encontrar novamente”. Outra história dele era que, como sempre evangelizava onde chegava, certa vez numa estação de trem, estava tendo dificuldade para falar do Evangelho a um senhor, não dava oportunidade. Então ele ficou passando na frente do senhor de dizia: “Jesus é muito bom!”. E de repente o homem explodiu: “E quem está dizendo que Ele não é?” Foi a porta de entrada... Noutro momento passou a evangelizar um senhor que não queria saber nada de Jesus, mas como estavam viajando em cima de uma carrada num caminhão, o que era comum, raciocinou, daqui ele não vai pular!”.

O Pr Eustáquio Lopes da Silva, tinha um acompanhamento doméstico, de casa em casa, das famílias da igreja, incentivando e acompanhando as crianças no desenvolvimento escolar. Ele sempre cortava o cabelo e fazia barba com meu pai, Julio Marcelino de Medeiros. Nesta Geração foram formados contadores, professores, médicos (três) e engenheiros (dois). O médico Aluízio Bezerra, desta geração, foi um dos fundadores da Liga Norte Riograndense Contra o Câncer, por sinal recentemente, no primeiro semestre de 2018, recebeu uma grande homenagem por seus ricos serviços nessa área.

A sua valorização dos profissionais era grande com pintores, pedreiros, comerciantes, carpinteiros, marceneiros; um grande destaque era a irmã Moça (Maria Luíza) que fazia “cocada de coco” para vender.  A família Gonzaga se destacava na área de marcenaria (Luiz Gonzaga Morais e Francisco Gonzaga Morais). Francisco Peny, bancário, também se destacava na área de marcenaria. Como carpinteiro tinha o presbítero, e depois pastor, Francisco Targino da Costa e Temístocles Cordeiro.

Interessante foi a experiência do Presbítero Sebastião Costa, que vendia galinha na “pedra do mercado do Alecrim”, na praça Gentil Ferreira. Pregador de garganta forte, que aprendeu a ler na Bíblia. O irmão Sebastião Costa era um dos pregadores num culto evangelístico aos domingos à tarde na praça Gentil Ferreira. Esse culto sempre tinha acompanhamento musical da irmã Albanita Bezerra, com acordeão.

Nesta fase pastoral surgiram vários obreiros como Antonio Gomes de Andrade, Djalma Pereira, Manoel Marques Filho, Francisco Targino da Costa, Jozebias de Menezes Queiroz, José Câmara de Oliveira, Baltazar Alves da Silva, Francisco Rocha, José Francisco da Silva, Manoel Estevam da Silva, Antonio Cordeiro, Alfredo Felix da Silva, Antonio Maria; todos estes obreiros eram membros da Igreja de Cristo no Alecrim – Natal – RN.

Em agosto de 1960, meus pais Julio Marcelino de Medeiros e Antonia Duarte de Medeiros vieram morar em Natal-RN com toda a família, cinco filhos. Julio Marcelino de Medeiros como evangelista da Igreja de Cristo, dirigiu a Congregação do Bom Jesus, Mossoró – RN, consequentemente já conhecia o pastor Eustáquio e a partir de algum tempo o meu envolvimento com o pastor Eustáquio foi grande e ele exerceu muita influência abençoadora na minha vida cristã e profissional.

O lema de vida do Pastor Eustáquio Lopes da Silva era: "poque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro" (Filipenses 1.21).




Parnamirim - RN, no 88º aniversário organizacional da Igreja de Cristo.



Otoniel Medeiros