terça-feira, outubro 04, 2011

REFLETINDO SOBRE MISSÃO

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura (Mc 16.15).

       O mês de setembro a Igreja de Cristo no Brasil, na Região Leste, enfatiza o desafio missionário. No dizer de John Stott, “missão significa atividade divina que emerge da própria natureza de Deus”. Ainda: "Missão, antes de tudo, significa tudo aquilo que a Igreja é enviada ao mundo para fazer.” Veja o que outros escritores disseram sobre missão:

·       Dr. J. Andrew Kirk, destaca: "a Igreja é missionária por natureza ao ponto de que, se ela deixa de ser missionária, ela não tem simplesmente falhado em uma de suas tarefas, ela deixa de ser Igreja."
·       Johannes Blauw, em a Natureza Missionária da Igreja, diz que "Não há outra Igreja, que não a Igreja enviada ao mundo."
·       Charles Van Engen ao citar Dietrich Bonhoeffer diz, "a Igreja existe para a humanidade no sentido de ser o corpo espiritual de Cristo e - a semelhança de Jesus - é enviada como serva."
·       René Padilla mostra que a igreja que se compromete com a missão integral entende que seu propósito não é chegar a ser grande, rica ou politicamente influente, mas sim encarnar os valores do reino de Deus e manifestar o amor e a justiça, tanto em âmbito pessoal como em âmbito comunitário.

       Há uma sequência de envio missionário:  João 20.21:  “Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós.” Veja também Lucas 24.49: “E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.”

Não podemos esquecer alguns dos critérios paulinos para a anunciação do evangelho:

1. Respeitar o campo de outrem: Rm 15.20: "E desta maneira me esforcei por anunciar o evangelho, não onde Cristo foi nomeado, para não edificar sobre fundamento alheio;"  II Co 10.16: “Para anunciar o evangelho nos lugares que estão além de vós e não em campo de outrem, para não nos gloriarmos no que estava já preparado.”

2. Buscar as pessoas e não as coisas das pessoas: II Co 12.14:  “... pois que não busco o que é vosso, mas sim a vós”

3. Opções de vida para servir melhor: I Co 9.55: Não temos nós direito de levar conosco uma esposa crente, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas?

       Destaquemos o escritor Douglas Webster citado por John Stott: “Toda forma de missão leva alguma forma de cruz. O próprio formato de missão é cruciforme. Só podemos entender missão nos termos da cruz.”

I Pe 2.9: "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;" 

Nosso abraço, em Cristo Jesus, nosso Senhor,

Otoniel M. de Medeiros

Um comentário:

Otoniel de Medeiros disse...

Comentáros para conta Google.