domingo, maio 01, 2011

COMUNICAÇÃO COM OS MORTOS, É POSSÍVEL?

(Mateus 17.1-13: A transfiguração)

Num alto monte Jesus transfigura-se diante de Pedro, Tiago e João; seu rosto resplandeceu como o sol, as suas roupas tornaram-se brancas como a luz e lhes apareceram Moisés e Elias.

Moisés morreu na terra de Moabe (Dt 34.5), Deus o sepultou e o seu corpo nunca foi encontrado.

Agora, na transfiguração, aparece Moisés com Elias conversando com Jesus. Esta é uma cena de comunicação com o morto (Moisés)?

Elias foi trasladado (II Rs 2.11), portanto, Elias não era morto; e Moisés? Em Gn 5.24 a Bíblia aborda o caso de Enoque que andava com Deus e foi trasladado, Deus para si o tomou. João Batista em Jo 1.21 disse que não era Elias e nem profeta.

Judas revela que o Arcanjo Miguel disputou com o diabo o corpo de Moisés (Jd 9). O Senhor Jesus é a primícia dos que dormem, ressuscitou para não mais voltar a morrer (I Co 15.20); consequentemente Moisés não poderia estar ali por ressurreição.

A comunicação com os mortos (necromancia), além de ser uma tentativa impossível, é proibida por Deus (Dt 18.11).

Levantamos a possibilidade de Deus ter ressuscitados Moisés, biblicamente voltaria a morrer; e da mesma forma que tomou Enoque e Elias para si, trasladou também Moisés. Nesta alternativa, nos sentimos coerente com a Bíblia.

Conclusão: A impossível tentativa de se comunicar com os mortos, é uma agressão aos princípios cristãos, aos princípios bíblicos, à ordem de Deus.

“A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade. Amém” (Ef 6.24).

Otoniel M. de Medeiros
(Obs.: Se você tem conta Google, deixe seu comentário abaixo. Obrigado.)

Um comentário:

Otoniel M. de Medeiros disse...

Se você tem conta Google, deixe aqui seu comentário; obrigado.